“Sustentabilidade: adote esta ideia”

Pensando no futuro do nosso planeta, o Educandário está desenvolvendo com seus alunos um projeto que envolve sustentabilidade e preservação da Terra.

PROJETO INTERDISCIPLINAR

“SUSTENTABILIDADE: ADOTE ESSA IDEIA”

1. APRESENTAÇÃO

SUSTENTABILIDADE NÃO É SÓ MEIO-AMBIENTE. TEM A VER COM LEGADO E RELAÇÕES HUMANAS

            Quando ouvimos falar de Sustentabilidade, imediatamente o que vem à cabeça é preservação do meio ambiente. Mas, por trás dessa palavra há um conceito que ultrapassa as “fronteiras do verde” e tem a ver com LEGADO. Ser sustentável é ter características e assumir comportamentos que permitam a permanência de um estilo de vida, de uma comunidade, de uma empresa, de um sistema, do planeta.

Ser sustentável é ter visão de futuro. E essa visão não começa apenas com grandes projetos, mas no cotidiano de cada pessoa e de cada organização. Para ser sustentável é preciso transformar o modo de ver o mundo, percebendo  o que cada um de nós faz com as atitudes que têm (e terão) impacto na vida de diversas pessoas, não só das próximas gerações, mas do presente também.

            Um dos primeiros passos para a Sustentabilidade é ter em mente que tudo que é produzido e realizado no mundo é feito em cadeia. Desse modo, para que as coisas continuem a acontecer, é necessário entender que cada elo dessa corrente precisa ganhar ou não perder tanto.

A sustentabilidade permeia todas as relações (de consumo, de trabalho, de afeto etc.). Assim, para que essas ligações continuem a existir, é essencial que elas se ajudem e deem resultados para todos os envolvidos.

Sustentabilidade é uma manifestação de respeito e até de carinho. Por exemplo, se, em um casal, somente um dos envolvidos se esforça para que a relação seja saudável e feliz, quando este não quiser mais, a história chega ao fim. Se, em um time de trabalho, apenas uma pessoa executa devidamente as responsabilidades,  caso ela desista, as atividades não serão mais realizadas e o time se encerra. Esses casos são situações insustentáveis, ou seja, não suportadas por alguma das partes por um certo período  de tempo. Em resumo, para que um empreendimento humano seja considerado sustentável, é preciso que seja:

            • Ecologicamente correto

         • Economicamente viável

         • Socialmente justo

         • Culturalmente diverso

O princípio da sustentabilidade se aplica tanto a um único empreendimento, uma pequena comunidade ou, até mesmo, ao planeta inteiro. Não basta que a gente economize água e recicle em casa, se não reduzimos nosso consumo. Não basta que uma cidade seja ecoeficiente, se ela mantém fortes desigualdades sociais. Não basta que a empresa tenha produtos e serviços ecoamigáveis, se as relações de trabalho e produção não são rentáveis para todos que fazem parte dos processos. Não basta que a escola desenvolva projetos voltados para o desenvolvimento de valores humanos e práticas sustentáveis, se no ambiente familiar essas ações não são valorizadas e vivenciadas…

         E então, que tal começar a repensar nossas relações com o mundo que nos cerca, de forma sustentável?

Texto disponível na íntegra em: http://aiesecadventures.wordpress.com/. Acesso em 20/08/2014

2. SOBRE O PROJETO INTERDISCIPLINAR “SUSTENTABILIDADE: ADOTE ESSA IDEIA”

 A temática “Sustentabilidade” vem sendo valorizada na programação pedagógica do Educandário Santa Maria Goretti há bastante tempo. Nossos eventos e, sobretudo, nossas aulas procuram estimular a adoção de atitudes sustentáveis no dia a dia. Neste ano, estamos lançando o projeto “SUSTENTABILIDADE: ADOTE ESSA IDEIA”, com o intuito de introduzir conceitos de educação ambiental, aliando-os  às relações de consumo bem como à interação e afeto entre os seres humanos.

Nessa perspectiva, realizaremos atividades práticas, como pinturas de telas, produção de painéis no muro da escola, análise de músicas, produção de paródias e vídeos, exposição do Selfie da família,  dentre outras. Na parte teórica,  serão realizadas palestras e discussões nas salas de aula, apoiadas por material didático que chame a atenção, de forma descontraída e eficiente, para a conscientização dos alunos como jovens cidadãos, formando multiplicadores dos princípios da Sustentabilidade, capazes de levar o aprendizado a suas famílias.

No início deste texto, alertamos para a amplitude da palavra  SUSTENTABILIDADE, sinalizando para outra palavra, LEGADO. É preciso  entender que o legado do qual tratamos é muito  mais importante e duradouro que posses e bens materiais. Na verdade, os pais nem precisam morrer  para que isso se torne valioso para os filhos. O que será deixado para seus filhos é o legado da sustentabilidade, do compromisso com o outro, consigo mesmo e com o planeta. Um legado que não apenas alimenta e faz crescer suas vidas, mas que se torna uma herança  para as gerações vindouras.

   Para contribuir na transmissão deste legado, enviaremos durante os meses de setembro e outubro (a cada sexta-feira) textos  educativos  com alguns  princípios sobre os quais é importante que pais reflitam com  seus filhos, para que  estes  saibam se colocar no futuro de maneira a transformá-lo para melhor.

            Em novembro, encerraremos o projeto com:

  • o TRADICIONAL Festival do fim de ano;

         • e A CAMPANHA DE doação das cestas básicas.

Atenciosamente,

A direção.

Tags:

Join the Conversation